ilhadenotícias - 13 Anos!
whatsapp

(18) 99132.5461

Você concorda com a mudança no nome de trecho da Rodovia dos Barrageiros, entre Ilha Solteira e Santa Fé Sul, proposta pelo deputado estadual Itamar Borges, para Éttore Bottura (ex-prefeito de Santa Fé)?

Sim - 4.9%
Não - 95.1%

Total de Votos: 203
The voting for this poll has ended ligado: 08 Jul 2017 - 00:00

“Apneia obstrutiva, o silêncio que mata”, de Alaílson Santos

Um dos distúrbios do sono que mais vem perturbando os profissionais de saúde nos últimos tempos é a SAHOS, síndrome da Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono. Este mal acomete mais de 40% da população adulta e silenciosamente vai causando danos irreversíveis a saúde dos pacientes.

A apneia se caracteriza pela parada respiratória momentânea durante o sono, promovendo uma baixa na concentração de oxigênio e a fragmentação do sono, muitas vezes imperceptíveis mesmo para o parceiro.

Este mal gera danos profundos no sistema cardio respiratório, levando a hipertensão arterial, AVC, Arritmia cardíaca, infarto, insuficiência cardíaca além de problemas de memória, problemas de concentração, apatia, depressão, sonolência excessiva, fadiga crônica, cefaleia matinal, redução da libido (impotência sexual), ganho de peso, Irritabilidade e ansiedade. Estudos recentes mostram também ligações entre apneia asma e Alzheimer. O ronco na grande maioria das vezes é um precursor dos casos de apneia. Atualmente, a odontologia vem auxiliando os pacientes com este distúrbio, os aparelhos intraorais indicados por Dentistas Habilitados, após criterioso exame, podem reduzir o problema em até 85% nos casos de apneia leve e moderada.

Prof. Dr. Alailson Santos, é dentista em Ilha Solteira e Professor do curso de Habilitação no Diagnóstico de Distúrbios do Sono, no IOCP- Bauru
Dúvidas e palestras a respeito do tema: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (18) 3742-4237 ou (18)3742-4210

 

O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+