O mais acessado!
whatsapp

(18) 99132.5461

A saída dos médicos cubanos está comprometendo o atendimento nas Unidades de Saúde de Ilha Solteira?

Sim - 58.9%
Não - 41.1%

Total de Votos: 56
The voting for this poll has ended ligado: 30 Nov 2018 - 00:00

Morre o ex-administrador de Ilha Solteira, Felício Yunes Jr.

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

Yunes, com o então deputado estadual e hoje vice-presidente da República, Michel Temer, durante visita à Ilha Solteira (Foto: Livro Ilha Solteira - Um Sonho, Uma História)

 

Morreu no início da tarde desta sexta-feira (4), na cidade de Jundiaí, o ex-administrador de Ilha Solteira, Felício Yunes Jr. Ele tinha 71 anos. A morte foi comunicada pela família e a causa não foi revelada.

 

Economista e suplente de deputado estadual, Felício Yunes Jr., que já tinha sido Coordenador de Participação Comunitária do núcleo residencial, foi nomeado em 1987 pelo então governador Orestes Quércia (PMDB), administrador de Ilha Solteira. Ele substituiu Telésforo de Paula Prata.

Assim que assumiu a administração, Felício declarou ser projeto prioritário de sua gestão a emancipação de Ilha Solteira, que na época era distrito de Pereira Barreto. Apoiou a Comissão de Emancipação e foi vice-presidente da Frente Distrital Paulista de Emancipação.

Yunes era o administrador de Ilha Solteira quando aconteceu, em 1991, o plebiscito, onde a maioria da população votou sim à emancipação. Desse dia, ele lembra, em trecho descrito no livro “Ilha Solteira – Um Sonho, Uma História”, do jornalista Fernando Sávio, “do povo ilhense comparecendo em massa para votar e do resultado glorioso”.

O corpo de Felício Yunes Jr. Será enterrado na manhã deste sábado, em Jundiaí.

 

O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+