ilhadenotícias - #anuncie!
whatsapp

(18) 99132.5461

Os retornos da Avenida Brasil devem ser reabertos?

Sim - 72.9%
Não - 27.1%

Total de Votos: 328
The voting for this poll has ended ligado: 11 Mar 2018 - 00:00

Moradora do Jardim Aeroporto é picada por escorpião que estava escondido em coberta

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

Uma moradora da Rua Onélio Butarelo, no Jardim Aeroporto, foi picada na madrugada de sábado (26), por um escorpião que estava escondido em uma coberta. O acidente aconteceu quando ela se deitou para dormir. Ela foi levada para o Hospital Regional de Ilha Solteira, onde foi medicada, e já está em casa.

Na sexta-feira, a moradora resolver fazer uma faxina m casa. Durante a limpeza, encontrou três escorpiões. Já na madrugada de sábado, ela pegou um cobertor e se deitou. Pouco tempo depois, ela sentiu uma picada. O escorpião, que provavelmente estava escondido no cobertor, estava em sua cama. “Ela sentiu queimando (onde foi picada) e chamou meu pai, que a levou para o Hospital”, disse a filha da mulher.

Ela deu entrada no pronto-socorro do Hospital Regional com pressão alta, provavelmente provocada pelo medo de ter sido picada, foi medicada e liberada em seguida. “E essa não é a primeira vez que encontramos escorpião em casa. Encontramos direto”, explicou a filha.

A casa da moradora fica próxima a escola Eva Costa, onde na região vem sendo encontrados escorpiões. Ao lado da residência também há um terreno baldio.


Outro caso – Recentemente, uma criança de seis anos foi picada por um escorpião dentro de casa, no final de fevereiro, na Rua Timbó, na zona sul de Ilha Solteira. Ela chegou a ser transferida para Araçatuba, onde permaneceu na UTI.

O caso ocorreu por volta das 11h00. A criança, uma menina, foi picada enquanto dormia em um colchão colocado no chão. Assim que constatou que se tratava de picada de um escorpião, ela foi levada para o Hospital, onde ele vomitou e apresentava falta de ar.

Ainda no Hospital regional, a criança recebeu várias ampolas de soro antiescorpiônico, além de medicações antialérgicas. Mas, como houve complicações cardíacas, pulmonar e renal, ela teve que ser transferida Araçatuba, onde permaneceu na UTI.

O escorpião que picou a criança é da espécie amarela, comum em Ilha Solteira, e cujo veneno pode matar.

Segundo apurou o ilhadenoticias.com, a criança não deve ficar com nenhuma sequela. Mas terá que passar por exames para acompanhamento.

 

Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+