Anuncie - Todo mundo VÊ!
whatsapp

(18) 99132.5461

A saída dos médicos cubanos está comprometendo o atendimento nas Unidades de Saúde de Ilha Solteira?

Sim - 58.9%
Não - 41.1%

Total de Votos: 56
The voting for this poll has ended ligado: 30 Nov 2018 - 00:00

“Sabiás do Sertão” e “Acordes” encerram a Mostra de Teatro de Ilha Solteira

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

Cena da peça "Sabiás do Sertão"

 

As peças “Sabiás do Sertão” e “Acordes” encerram neste sábado (25), a 6ª Mostra de Teatro de Ilha Solteira. A entrada é gratuita. A promoção é do Departamento de Cultura, a APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte), SESC Birigui e Fundação Cultural.

 

“Sábias do Sertão”, da Cia. Cênica, que será encenada a partir das 18h30, na Praça dos Paiaguás, trata dos expoentes maiores da música caipira, Cascatinha & Inhana, primeira dupla sertaneja formada por marido e mulher que, em sua trajetória, reverencia com primazia a cultura de raiz, o ser, estar e viver artista, o prazer da canção e do encantamento. O circo e o rádio, presentes na trajetória da dupla, são trazidos à cena por uma companhia ambulante de teatro, com artistas rapsodos que contam, vivem, tocam, dançam e cantam um pouco da vida e muito do rico repertório de toadas, guarânias, rasqueados, boleros, rancheiras e canções imortalizadas nas vozes destes "sabiás do sertão".

Já a partir das 21h00, na Casa da Cultura, também da Cia. Cênica, será encenada a peça "Acordes". Em 31 de março de 1964, tropas paulistas e mineiras marcham pela Guanabara. É o começo da "revolução"? É a Ditadura Militar! Os acordes distorcidos das metralhadoras, dos desaparecidos, das repressões físicas e intelectuais transformam-se nos acordes musicais que ultrapassam gerações e não nos deixam esquecer de um tempo em que falar sobre flores é quase um crime! "Acordes" faz um passeio musical pelas décadas de 1960 e 1970, propondo reflexões sobre os "anos de chumbo" da história do Brasil. Num intenso entre cantar, reviver, declamar e encenar, os atores trazem à tona o trágico desta história, o que não se pode apagar, o que não se pode repetir.

A entrada é gratuita e os ingressos começam a ser distribuídos uma hora antes do espetáculo, na Casa da Cultura. Mais informações através do telefone (18) 3743-6022.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+