ilhadenotícias - #anuncie!
whatsapp

(18) 99132.5461

Os retornos da Avenida Brasil devem ser reabertos?

Sim - 72.9%
Não - 27.1%

Total de Votos: 328
The voting for this poll has ended ligado: 11 Mar 2018 - 00:00

Edson Gomes se entrega, toma posse e, sem habeas corpus, é preso

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

Edson Gomes deixa a Câmara depois de tomar posse

 

O prefeito eleito Edson Gomes (PP) já está na Delegacia de Polícia de Ilha Solteira, para onde foi depois de tomar posse na Câmara. Sem um habeas corpus contra o pedido de prisão feito pelo Ministério Público, por irregularidades em licitações no seu último Governo, ele ficará preso por tempo indeterminado.

 

Edson Gomes decidiu se entregar um dia antes do programado. Ele havia informado a Câmara que tomaria posse nesta quarta-feira (29), em horário não divulgado. O motivo da antecipação não foi divulgado.

A posse na Câmara durou poucos minutos. Na primeira tentativa, Edson Gomes, acompanhado de diversos policiais e seus advogados, esteve no legislativo, mas como o presidente Valdecir Ferreira Lima (PV) não foi localizado, ele foi levado para Delegacia, onde permaneceu por poucos minutos. Com Valdecir já na Câmara, ele foi levado novamente para o legislativo, onde ele assinou o termo de posse, retornando em seguida para a Delegacia, onde está preso.

Edson Gomes foi empossado, mas como está preso, ainda não pode assumir a Prefeitura de Ilha Solteira. A expectativa é que a Câmara, diante da situação, decida pela vacância ou afastamento temporário do prefeito eleito, o que pode acontecer até sexta-feira (31), abrindo caminho para que Otávio Gomes (DEM) assuma a Prefeitura, seja em definitivo ou temporariamente.


A prisão - O delegado Miguel Ângelo Micas informou que a defesa de Edson Gomes entrou em contato com a Polícia Civil na manhã desta terça-feira, informando a intenção de se entregar, para que o mandato de prisão fosse cumprido. Mas, desde que ele fosse conduzido direto do local onde ele foi preso, que não foi divulgado, até a Câmara, onde tomou posse. “Não foi na cidade (onde ele foi preso). Ele se apresentou aos policiais, foi levado para a Câmara e trazido para cá (Delegacia), para o cumprimento do mandado de prisão”, explicou Micas.

Edson Gomes não deve ficar na Delegacia de Ilha Solteira. A expectativa é que ele seja transferido, mas ainda não se sabe para onde. “Estamos verificando para qual presídio ele vai. Nós não sabemos se é Pereira, Caioás, Araçatuba. Não sabemos ainda”, disse Micas.


Habeas Corpus – A expectativa da defeda do prefeito eleito é pela obtenção de um habeas corpus, ainda esta semana, contra o pedido da prisão, o que o tirararia da cadeia. A decisão também benefiaria outros dois envolvidos no caso, o ex-diretor de Cultura Nilson Nantes e o empresário Uesley Severo, presos desde novembro.

A defesa tentará o habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ), já que a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ), em sessão realizada o último dia 23, declarou “prejudicado” o pedido de habeas copus feito pelo prefeito eleito Edson Gomes (PP), por não ser especializada em julgamentos de processo de foro privilegiado.

Tomando posse na Câmara

Edson deixa a Câmara no carro da Polícia

Carro com Edson Gomes chega na Delegacia


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+