ilhadenotícias - #anuncie!
whatsapp

(18) 99132.5461

A saída dos médicos cubanos está comprometendo o atendimento nas Unidades de Saúde de Ilha Solteira?

Sim - 58.9%
Não - 41.1%

Total de Votos: 56
The voting for this poll has ended ligado: 30 Nov 2018 - 00:00

21 mil eleitores vão às urnas em Ilha Solteira; Apuração acontece a partir das 17h

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

Cerca de 21 mil eleitores estão aptos a votarem neste domingo (7) em Ilha Solteira. E o movimento é intenso nos locais de votação, com filas em várias seções. A apuração dos votos acontece a partir das 17h00, no Cartório Eleitoral, que fica no Ilha Shopping.

Em Ilha Solteira, são três os locais de votação, todos na zona sul: as escolas Aparecida Benedita Brito da Silva, Léa Silva Moraes e Urubupungá. Para votar é preciso levar o título de eleitor ou um documento com foto.

Na cabine, ninguém pode entrar com celular, câmera fotográfica ou filmadora. O que não é obrigatório, mas os tribunais eleitorais recomendam é que o eleitor faça e leve uma cola, que pode evitar erros e agilizar a votação com os nomes e os números dos candidatos na ordem correta.

O eleitor votará seis vezes. No primeiro voto, que agora é para deputado federal, o eleitor vai digitar quatro números. Vão aparecer na tela a foto, o número, o nome e a sigla do partido do candidato. Se estiver correto, basta apertar a tecla verde-confirma.

O segundo voto, é para deputado estadual - cinco números. O terceiro é para senador - três números. O eleitor vai votar duas vezes para senador. Depois, governador - dois números. E, por último, o voto para presidente - também dois números.

Para corrigir qualquer voto, basta apertar a tecla laranja, corrige, e começar de novo. Depois do registro do voto para todos os cargos, o eleitor vai ver na tela a palavra "fim".


Saiba o que é permitido e o que é proibido no dia das eleições:


O que pode fazer no dia da eleição
Demonstrar a sua preferência por um candidato ou partido com o uso de bandeiras, broches (bottons) ou adesivos. Mas a manifestação deve ser silenciosa e individual.
Usar camisa e boné pode ser permitido se forem feitos pelo eleitor. Mas se houver uma concentração de pessoas usando camisas, bonés ou outros tipo de publicidade de um candidato ou partido, isso pode ser entendido como propaganda, o que é crime eleitoral.
Levar uma “cola” com os números dos candidatos para a urna de votação.


O que não pode fazer no dia da eleição
Concentração de pessoas, até o fim da votação, com camisas padronizadas, bandeiras, broches (bottons) e adesivos de candidatos ou de partidos.
Utilização de alto-falantes ou amplificadores de som.
Realização de comícios ou carreatas.
Oferecer alimentos ou transporte de eleitores.
Fazer boca de urna ou tentar convencer um eleitor a votar em um candidato ou a não votar.
Distribuir qualquer tipo de propaganda eleitoral, como santinhos ou panfletos.
Impedir que um eleitor vote.
Usar celular, máquina fotográficas, filmadoras ou outro dispositivo dentro da seção de votação, que prejudique o sigilo do voto.
Veículos paralisados, com adesivos de candidatos, no entorno dos locais de votação ou mesmo praças públicas, sob pena de apreensão e pagamento de multa de até R$ 15,9 mil. Considera-se-á paralisado o veículo adesivado, após constatação, permanecer estacionado por mais de trinta minutos.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+