Obrigado - #15 Anos!!
whatsapp

(18) 99132.5461

A saída dos médicos cubanos está comprometendo o atendimento nas Unidades de Saúde de Ilha Solteira?

Sim - 58.9%
Não - 41.1%

Total de Votos: 56
The voting for this poll has ended ligado: 30 Nov 2018 - 00:00

Moradora procura a Polícia para reclamar que não recebeu prêmio prometido em “promoção”

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

Uma moradora de Ilha Solteira, que não terá a identidade revelada, procurou a Polícia para reclamar que não recebeu o prêmio prometido em uma promoção de uma loja de cosméticos, enviada pelo whastapp. A promoção é falsa e o golpe é antigo.

 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a moradora disse que recebeu um link, anunciando uma promoção de uma loja de cosméticos. Para “ganhar” uma loção hidratante, bastaria que ela clicasse no link e fizesse um cadastro. Ela clicou, se cadastro e foi até a aloja para receber o “prêmio”, quando foi avisada que a promoção era falsa.

Promoções usando o nome da rede de cosméticos são comuns e com frequência, circulam pelas redes sociais, principalmente o whatsapp. A própria rede já publicou anúncios alertando os consumidores.


O golpe - Geralmente, as falsas campanhas prometem um produto da empresa, caso o usuário siga todos os passos do processo. Ao clicar no link recebido no WhatsApp, a vítima é direcionada a uma página falsa de campanha, que pergunta se o usuário "deseja receber um determinado produto" com um botão "EU QUERO" para participar.

Clicando neste botão, o usuário se depara com uma mensagem de que ganhou o tal poduto, simultaneamente a uma outra mensagem de verificação de disponibilidade. Depois desse passo, o site exibe instruções para que o usuário possa realmente ganhar o produto, exigindo, como de costume nesse tipo de golpe, que a mensagem seja encaminhada para um número "x" de amigos ou grupos no mensageiro até que a barra de progresso seja totalmente preenchida.

Essa barra, por sinal, vai avançando independente de o usuário compartilhar a mensagem, ou não. Ao pressionar o botão "compartilhar" pela décima vez, o visitante pode ser redirecionado ao site rede — especificamente a uma página em que a loja permite solicitar amostras grátis de determinados produtos. Ou seja: a vítima, ao cair no golpe, é usada para monetização de anúncios, é levada a enganar outros amigos pelo WhatsApp, e acaba caindo no formulário de pedir uma amostra grátis, sendo que, para isso, basta entrar diretamente no site, sem cair em nenhum golpe.

A orientação é desconfiar de ofertas e promoções recebidas pelo mensageiro. Qualquer empresa que estiver com uma promoção vigente, especialmente com a oferta de brindes, certamente fará uma divulgação oficial em outros meios, como redes sociais próprias e o site oficial. Vale sempre procurar esses canais para confirmar se há uma promoção rolando, além de, claro, conferir que a URL desses golpes via WhatsApp sempre é diferente do endereço verdadeiro das marcas de cujos nomes os golpes se apropriam. (Com informações do Canaltech).


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+