ilhadenotícias - #anuncie!
whatsapp

(18) 99132.5461

Qual a sua avaliação do Governo Otávio Gomes?

Ótimo - 6.5%
Bom - 11.5%
Regular - 15%
Ruim - 17.8%
Péssimo - 49.3%

Total de Votos: 400
The voting for this poll has ended ligado: 22 Jul 2018 - 00:00

Voluntária da “Toca dos Gatos” receberá o “Mérito Mulher”

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

Daniele Perez Viegas

 

Daniele Perez Viegas, voluntária da “Toca dos Gatos”, entidade que cuida e abriga gatos em situação de risco, irá receber o “Mérito Mulher”, que será entregue pela Câmara de Ilha Solteira no próximo dia 27 de março. A escolha foi feita por todos os vereadores.

 

Funcionária da UNESP, Daniela atua na “Toca dos Gatos” desde 2013. São cerca de cinco horas diárias dedicadas aos gatos, além de participar de ações que resultem em mais ração para os animais e produtos para limpar o abrigo.

O presidente da Câmara, Rodrigo Batista Gonçalves, o Kokim (PPS), disse que a homenagem não só reconhece o trabalho voluntário de Daniele, mas também chama a atenção para o abrigo e para os gatos, cuja reprodução descontrolada pode desenfrear um sério problema de saúde pública. “Só o abrigo possui cerca de 300 animais. E é muito difícil conseguir recursos para mantê-los, para manter o local funcionando. Iremos homenagear a Daniele, mas é um reconhecimento à todos os voluntários que atuam na Toca dos Gatos. Além disso, precisamos chamar a atenção para adoção, para a castração dos animais, que em Ilha Solteira é gratuita, para evitarmos um sério problema de saúde pública”, disse Kokim.

A “Toca dos Gatos” existe desde 2009. E mantê-lo não é uma tarefa fácil. “Precisamos limpar as baias duas vezes ao dia; alimentar, medicar, dar carinho e atenção; manter a limpeza do terreno; lavar as pilhas e pilhas de panos, que são usados todos os dias pelos peludos; promover eventos para levantar recursos para manter a alimentação dos animais; capturar os gatos na rua e levar para castrar; fazer o pós-operatório, readaptar estes animais e tentar introduzi-lo na sociedade através da adoção; realizar campanhas de conscientização de posse responsável; campanhas de castração; virar noites e noites cuidando e alimentandos recém-nascidos que são entregues na porta do abrigo sem mãe; cuidar e tratar de gatos extremamente bravos e ariscos, muitas vezes nos ferindo tentando ajudar o animal, e muitos outros desafios que surgem para testar a nossa capacidade”, disse Daniele.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome

 

O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Google+