ilhadenotícias - #anuncie!
whatsapp

(18) 99132.5461

A arena da Praça da Integração, onde acontece o MPB e a Virada Cultural, deve ser coberta?

Sim - 32.8%
Não - 67.2%

Total de Votos: 351
The voting for this poll has ended ligado: 02 Nov 2017 - 00:00

CETESB pode liberar área para construção de novas casas em dezembro

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

A CETESB pode liberar a área localizada próxima ao bairro “Morada do Sol”, que vem sendo monitorada para verificar a existência de gases, para a construção de novas casas. O assunto foi discutido pelo prefeito Otávio Gomes (DEM) em reunião realizada com diretores do órgão, que também contou com a participação do deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB), do presidente da Câmara, Emanuel Zinezi (DEM), do vereador Ricardo Casagrande (PP) e do engenheiro Amândio Júnior.

A Prefeitura vem tentando a liberação da área, para construir na região 150 unidades do “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, e mais 450 pelo “Casa Paulista”, do Governo do Estado.A CETESB ainda não emitiu licença para a construção de novas casas, devido a possibilidade da existência de gases no local, provocados pelo antigo lixão. “Estamos esperançosos que conseguiremos a liberação. A CETESB deve se manifestar dentro de 15 dias”, disse o prefeito Otávio Gomes.

A Prefeitura já gastou cerca de R$ 500 mil com análises na região e, até agora, nada de irregular foi encontrado. “A exigência dessa análise é o que impede a retomada da construção de casas populares de Ilha Solteira. E ela não vem mostrando nada de irregular. Queremos a liberação não só para retomar o programa habitacional, mas investir esse dinheiro gasto com essa análise em um outro local”, afirmou Gomes.


Habitação – A Prefeitura quer desenvolver dois programas na região. No primeiro, construir as 150 casas do “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, que já foram liberadas para Ilha Solteira. Em outra frente, 450 casas do “Casa Paulista”, do Governo do Estado.

Caso a Prefeitura consiga a licença de operação, a Caixa deve reabrir as inscrições para o “Minha Casa, Minha Vida”. Já o Município deve ficar responsável pelas inscrições do “Casa Paulista”.

Os programas também são diferentes. Ao contrário do “Minha Casa, Minha Vida”, que selecionou os contemplados de acordo com critérios sociais e econômicos, no “Casa Paulista” os contemplados serão definidos por sorteio.

As residências do “Casa Paulista”, de acordo com a Prefeitura, serão diferenciadas uma das outras, conforme o gosto e a necessidade das famílias beneficiadas. Será semelhante ao Jardim Aeroporto.

Ainda não há prazo para o início das inscrições em nenhum dos programas.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

 

Notícia falsa sobre cobrança aumenta procura por cadastro biométrico em Ilha Solteira

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

Uma notícia falsa que circula desde o início da semana, afirmando que quem não fizer o cadastramento biométrico até 7 de dezembro, pagaria uma multa de R$ 150,00 e teria o CPF, RG e habilitação suspensos, está levando um grande número de eleitores até o Cartório Eleitoral de Ilha Solteira.

A “notícia” já foi desmentida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mas o tom “alarmista” da mensagem preocupou os eleitores, que passaram a buscar o serviço. Antes desse “boom”, apenas 16% dos eleitores de Ilha Solteira haviam feito o cadastramento biométrico.

Mesmo sendo falta a notícia, os eleitores de Ilha Solteira devem fazer o cadastramento biométrico, já que o novo sistema passa a valer já a partir da próxima eleição, em 2018.

A adesão em Ilha Solteira está abaixo do registrado no estado de São Paulo, onde 28,3% do eleitorado fez o cadastro biométrico. Na cidade esse número chega a 3.454 dos 21.219 eleitores, ou seja, 16,28%.

Cadastramento biométrico é o processo de atualização dos dados constantes do cadastro eleitoral, com o objetivo de implantar a identificação de cada eleitor através de impressão digital, fotografia e, desde que viabilizado, assinatura digitalizada.

A Justiça Eleitoral adotou a biometria para garantir ainda mais segurança ao processo eleitoral. A implantação no país vem sendo gradual, já que é necessário convocar todo o eleitorado para a revisão biométrica.

O cadastramento biométrico é feito com utilização do chamado "Kit Bio", composto de dispositivo de captura de fotos, escâner para captura de digitais, maleta de transporte e cenário (mini-estúdio fotográfico com assento).


Biometria – Eleitores de Ilha Solteira podem fazer o cadastramento biométrico no Cartório Eleitoral. O voto usando o sistema que permite a identificação biométrica, a partir das impressões digitais, já será exigido na eleição de 2018.

Para fazer o cadastramento, basta ir até o Cartório Eleitoral, que funciona no Passeio Icaraí. “O cadastro leva de 20 a 25 minutos, em média. Tudo depende do tempo para a coleta da digital. Podemos fazer até cinco cadastros simultaneamente”, disse Rodrigo Fernando de Mendonça Furtado, chefe do Cartório Eleitoral de Ilha Solteira.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Apenas 16% dos eleitores fizeram cadastro biométrico em Ilha Solteira

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

A procura pelo cadastro biométrico em Ilha Solteira continua baixa. Por enquanto, apenas 16% dos eleitores da cidade foram até o Cartório Eleitoral para providenciar a mudança para o novo sistema, que passa a valer já a partir da próxima eleição, em 2018.

A adesão em Ilha Solteira está abaixo do registrado no estado de São Paulo, onde 28,3% do eleitorado fez o cadastro biométrico. Na cidade esse número chega a 3.454 dos 21.219 eleitores, ou seja, 16,28%.

Cadastramento biométrico é o processo de atualização dos dados constantes do cadastro eleitoral, com o objetivo de implantar a identificação de cada eleitor através de impressão digital, fotografia e, desde que viabilizado, assinatura digitalizada.

A Justiça Eleitoral adotou a biometria para garantir ainda mais segurança ao processo eleitoral. A implantação no país vem sendo gradual, já que é necessário convocar todo o eleitorado para a revisão biométrica.

O cadastramento biométrico é feito com utilização do chamado "Kit Bio", composto de dispositivo de captura de fotos, escâner para captura de digitais, maleta de transporte e cenário (mini-estúdio fotográfico com assento).


Biometria – Eleitores de Ilha Solteira podem fazer o cadastramento biométrico no Cartório Eleitoral. O voto usando o sistema que permite a identificação biométrica, a partir das impressões digitais, já será exigido na eleição de 2018.

Para fazer o cadastramento, basta ir até o Cartório Eleitoral, que funciona no Passeio Icaraí. “O cadastro leva de 20 a 25 minutos, em média. Tudo depende do tempo para a coleta da digital. Podemos fazer até cinco cadastros simultaneamente”, disse Rodrigo Fernando de Mendonça Furtado, chefe do Cartório Eleitoral de Ilha Solteira.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Otávio quer área liberada para construção de novas casas até dezembro

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

O prefeito Otávio Gomes (DEM) quer a área localizada próximo ao antigo lixão liberada até dezembro, para que a Prefeitura possa dar início a um novo programa habitacional na cidade. O Município quer construir na região 150 unidades do “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, e mais 450 pelo “Casa Paulista”, do Governo do Estado.

A CETESB ainda não emitiu licença para a construção de novas casas na área, devido a possibilidade da existência de gases no local, provocados pelo antigo lixão. A Prefeitura já gastou cerca de R$ 500 mil com análises e, até agora, nada de irregular foi encontrado. “A exigência dessa análise é o que impede a retomada da construção de casas populares de Ilha Solteira. E ela não vem mostrando nada de irregular. Queremos a liberação não para retomar o programa habitacional, como investir esse dinheiro em um outro local”, disse Otávio Gomes.

Otávio vem tendo reuniões constantes na CETESB e espera garantir a liberação da área até dezembro. “Com isso, poderemos iniciar a construção das casas em 2018”, explicou Gomes.


Habitação – A Prefeitura quer desenvolver dois programas na região. No primeiro, construir as 150 casas do “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, que já foram liberadas para Ilha Solteira. Em outra frente, 450 casas do “Casa Paulista”, do Governo do Estado.

Caso a Prefeitura consiga a licença de operação, a Caixa deve reabrir as inscrições para o “Minha Casa, Minha Vida”. Já o Município deve ficar responsável pelas inscrições do “Casa Paulista”.

Os programas também são diferentes. Ao contrário do “Minha Casa, Minha Vida”, que selecionou os contemplados de acordo com critérios sociais e econômicos, no “Casa Paulista” os contemplados serão definidos por sorteio.

As residências do “Casa Paulista”, de acordo com a Prefeitura, serão diferenciadas uma das outras, conforme o gosto e a necessidade das famílias beneficiadas. Será semelhante ao Jardim Aeroporto.

Ainda não há prazo para o início das inscrições em nenhum dos programas.


Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

 

Desfile em comemoração ao aniversário de Ilha Solteira leva multidão às ruas

Douglas Cossi Fagundes
Da Redação

 

O resgate do desfile cívico em comemoração ao aniversário de Ilha Solteira, que voltou a ser promovido depois de 12 anos, levou uma multidão às ruas da cidade. O evento foi promovido na noite deste domingo (15).

 

O público lotou toda a extensão da Avenida Brasil Sul e se concentrou, principalmente, em frente a Praça dos Paiaguás, onde aconteceram as principais evoluções dos participantes.

O desfile contou a participação de um batalhão de voluntários, sem os quais o desfile não teria tido o mesmo impacto. Foram cerca de 2,1 mil pessoas, de várias idade, que desfilaram pela Avenida Brasil, ajudando a contar a história de Ilha Solteira.

Os voluntários representaram todas as escolas da cidade, entidades, clubes de serviço, academias, igrejas e empresas. Na avenida, desfilaram momentos marcantes da cidade, como a construção da cidade e da usina (teve até a representação de um “papa fila”, veículo que transportava trabalhadores das empreiteiras, que fez muito sucesso com o público) e a emancipação da cidade.

Além das alas, também fizeram sucesso as três bandas/fanfarras que participaram do desfile, com destaque para a FACMOL, de Pereira Barreto, que deu um show e foi ovacionada pelo público.

O evento já está assegurado para 2018, quando Ilha Solteira completará 50 anos.

 

Receba notícias de Ilha Solteira pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: 18 99132-5461; 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, informando seu nome


O www.ilhadenoticias.com não autoriza a reprodução parcial ou integral deste texto

Os comentários postados neste texto são de inteira responsabilidade do seu autor, já que estão diretamente ligados a sua conta no facebook

Sub-categorias

Google+